Pular para o conteúdo

Plantas em casa

Orquídea Pipoca - Ludisia

Ludisia discolor - Orquídea Pipoca como cuidar

A orquídea fácil de cuidar

Se você ama orquídeas, mas acha que elas dão muito trabalho, você precisa conhecer a Ludisia.

Essa plantinha linda, também conhecida como Orquídea Pipoca ou Orquídea Joia, com certeza vai conquistar seu coração.

PUBLICIDADE

Diferente da imensa maioria das orquídeas onde as cores estão somente nas flores, a Ludisia discolor tem as folhas aveludadas, coloridas em tons de vermelho e verde com nervuras prateadas ou rosadas, num contraste que você não vê em outras plantas. 

Seus caules são carnudos em tom de vinho e a parte de trás das folhas é rosada.

É muita beleza junta numa planta só!

A Ludisia é uma orquídea terrestre, bem resistente e fácil de cuidar.

Terrestre porque deve ser cultivada em vaso com substrato comum de plantio, o contrário da grande maioria das orquídeas que precisam ser plantadas em substrato próprio ou presas em troncos.

A Ludisia passou a ser conhecida no Brasil como Orquídea pipoca por causa de suas flores bem pequenas e muito delicadas, brancas com manchas amarelas, que parecem pipocas.

Também é chamada Orquídea Joia, por conta da beleza e dos detalhes das suas folhas.

Sua floração acontece normalmente no inverno e início da primavera, com florzinhas que medem entre 1,5 cm e 2 cm e podem durar bastante, além de atraírem borboletas.

Orquídea Pipoca - Ludisia discolor como cuidar

A Ludisia floresce no inverno e início da primavera com flores bem pequenas que lembram pipocas.

Se você já se apaixonou por ela só ao ler essa introdução, veja agora como cuidar e tirar mudas com as minhas dicas a seguir.

 

Qual a luz ideal para a Orquídea Pipoca?

A Ludisia é uma planta de meia-sombra. Na natureza ela cresce rente ao chão e recebe a luz que chega por entre as folhas da vegetação mais alta.

Sendo assim, coloque sua Orquídea Pipoca em um local com luz intensa, porém, filtrada. 

E nem pensar em colocá-la direto no sol, pois suas folhas vão perder a cor e podem até ficar queimadas. 

Prefira deixá-la sob o sol fraco do início da manhã ou do final de tarde, por umas 2 a 3 horas diárias, pois isso estimulará a floração além de ajudar a manter sua planta esteticamente mais bonita, sem hastes se alongando na procura do sol.

PUBLICIDADE

Como regar a Orquídea Pipoca?

A Ludisia é uma planta de clima tropical, o que significa que ela gosta de ambientes quentes e úmidos.

Você conseguirá deixá-la feliz mantendo o substrato sempre úmido, mas sem encharcar.

Regue umas 2 vezes por semana, mas saiba que isso pode variar de acordo com a sua região ou com as condições da sua casa. 

O melhor a fazer, é sempre colocar o dedo no substrato, aprofundando levemente para sentir se ainda está seco. 

Sempre que o dedo sair sujo de terra, é sinal de que ainda não é hora de molhar. Mas, se sair limpo, pode regar.

Coloque água diretamente na mistura até perceber que a água está começando a escorrer pelos furos do fundo do vaso. 

E, de novo, tome cuidado para não encharcar!

A Orquídea Pipoca é uma plantinha bastante resistente, e se por acaso você esquecer de regar, saiba que ela pode tolerar um intervalo maior entre as regas. Só não faça isso com frequência.

 

Qual a temperatura ideal para a Ludisia?

Cultive sua Ludisia em um local com temperatura agradável e boa umidade. Se o ambiente for muito quente e seco, você pode apoiar o vaso sobre um prato largo cheio com pedriscos constantemente molhados. A evaporação da água vai ajudar a umidificar o ar ao redor da planta.

Outra dica é aglomerar suas plantas, já que as folhas liberam umidade e todas saem ganhando.

PUBLICIDADE

Ambientes muito frios podem prejudicar a Ludisia. Busque sempre o equilíbrio.

Proteja sua Ludisia de correntes de ar quente ou frio e coloque ela longe do ar-condicionado.

Quando sua Orquídea Pipoca florescer, não deixe ela em locais quentes ou abafados para que as flores se mantenham por mais tempo. 

 

Qual o substrato ideal para a Orquídea Pipoca?

Já vimos que a Ludisia é um pouco diferente da grande maioria das orquídeas. Ela é uma orquídea terrestre, que vive no chão das florestas tropicais, rico em matéria orgânica e bastante arenoso. Esse tipo de solo permite que a água seja drenada com facilidade e mantém a umidade na medida certa.

Aí na sua casa, não deve ser diferente.

Se precisar replantar sua orquídea Ludisia, use substrato de plantio ou substrato para mudas, aquele bem soltinho, sem pedras e gostoso de se manusear.

Lembre-se: não é porque a Ludisia é uma orquídea que você deve usar aquele substrato próprio para orquídeas!

 

Que tipo de vaso usar?

Se você comprou sua orquídea Ludisia discolor plantada num vasinho plástico com uma ou duas mudinhas, provavelmente não precisará trocá-la de vaso por pelo menos 1 ano. 

PUBLICIDADE

Se mesmo assim preferir mudar, poderá usar qualquer vaso comum de plástico, cerâmica ou mesmo de barro com furos no fundo.

Não se esqueça de montar a camada de drenagem para que a água não se acumule nas raízes da planta, podendo provocar apodrecimento.

Caso ela comece a brotar, espere que as folhas fiquem um pouco maiores para facilitar o manuseio. E aqui vai um detalhe que você vai gostar: a Ludisia se multiplica com bastante facilidade.

Então, você pode aproveitar para colocá-la num vaso de boca larga, tipo cuia ou mesmo uma pequena bacia, com espaço suficiente para ela se alastrar.

A Ludisia também pode ser usada em terrários, mas é bem provável que não dê flores

Uma dica importante: se sua Ludisia estiver florida, espere a floração passar para trocar de vaso.

Ela também é bastante utilizada como forração, criando lindas composições com outras plantas.

 

Como adubar a Orquídea Pipoca?

A Orquídea Pipoca não é exigente com adubação.

Você pode adubá-la de duas a três vezes no ano, com fertilizante para orquídeas ou adubo líquido equilibrado, NPK 10-10-10. Recomendo que utilize mais diluída, na metade da indicação da embalagem, para evitar queimadura nas raízes.

Melhor ainda é adicionar matéria orgânica ao substrato, como Húmus de Minhoca ou adubo Bokashi.

PUBLICIDADE

Como tirar mudas da Orquídea Pipoca?

A Ludisia se multiplica facilmente por estacas de caule.

Retire um ramo já adulto e divida-o em  2 partes, mantendo folhas na parte de cima de cada segmento.

Para cortar, use uma tesoura afiada, limpa e desinfetada com Álcool 70, para evitar contaminação.

Depois de fazer o corte, coloque uma gota de extrato de própolis nas extremidades de cada segmento para ajudar na cicatrização e impedir a entrada de doenças.

Em seguida, é só colocar as estaquinhas espetadas no substrato, observando se estão bem firmes.

Mantenha o substrato úmido e em pouco tempo ela começará a enraizar.

Preparei para você um quadro com o resumo das principais características e cuidados que precisa ter com Orquídea Pipoca:

Nome popular

Ludisia / Orquídea Pipoca / Orquídea Joia

Nome científico

Ludisia discolor

Família

Orchidaceae

Meia sombra: 2 horas de sol fraco da manhã ou do final da tarde.

Substrato comum de plantio, rico em matéria orgânica

Rega moderada, sem enxarcar o solo

Sem contra-indicações nos dias mais secos

Evite correntes de ar frio ou quente

Por estacas de caule

Inofensiva para cães e gatos

Agora que você já sabe bastante sobre essa joia de planta que é a orquídea Ludisia, que tal ter uma aí na sua casa?

Se você gostou desse conteúdo, não deixe de compartilhar com todo mundo que ama plantas como você!

Leia também

Mais recentes

Zamioculcas Como cuidar

Zamioculcas - Aprenda a cultivar e cuidar

Uma planta fácil de cuidar e que vai bem em ambientes de pouca luz

Begonia Rex

Begônia Rex
Como cuidar da maneira certa

Revelamos alguns segredos para você ter essas plantas fantásticas sempre bonitas e saudáveis

Lirio da Paz

Lírio-da-Paz -
Aprenda a Cultivar e Cuidar

Os Lírios da Paz são fáceis de cultivar em casa, mas existe um segredo para terem sempre as charmosas flores brancas

poinsetia como cuidar

Como cuidar da Poinsétia -
Planta Bico-de-papagaio

Tudo que você precisa saber para ter sua Planta Bico de Papagaio bonita mesmo depois do Natal

como cuidar da pata-de-elefante

Como cuidar da Pata-de-elefante

Tudo que você precisa saber para cultivar do jeito certo

Mais lidos

Como cuidar do Pacová

Como cuidar do Pacová

Aprenda como cultivar o Pacová ou Babosa-de-Pau na sua casa

Como cuidar do Chifre-de-veado

Chifre-de-veado

Aprenda a cuidar desta samambaia escultural

como cuidar da avenca

Como cuidar de Avenca

7 dúvidas que podem matar sua planta

como cuidar de hera

Como cuidar da Hera

Saiba tudo sobre esta trepadeira bastante versátil

Como cuidar da Fitônia ou Planta Mosaico

Como cuidar das Fitônias

O Guia completo para cultivar e ter sua Fitônias — Fittonia albivenis — sempre bonitas em casa

como cuidar da peperomia melancia

Peperômia Melancia

Como cuidar do jeito certo

Como cuidar de samambaia

Como cuidar de Samambaia

O Guia completo para ter samambaias sempre bonitas

Como cuidar da planta Jibóia

Como cuidar da Jibóia

Saiba tudo sobre a planta que vai bem em qualquer ambiente

como cuidar de ripsalis

Ripsális Cacto-macarrrão

Aprenda a cuidar e tirar mudas fácil, fácil

suculentas pintadas

Suculentas Pintadas

Isso é tudo que você precisa saber sobre elas

como cuidar da palmeira rafis raphis ráfia

Palmeira Ráfis

Como cuidar da palmeira mais versátil que você pode ter em casa

Como cuidar das marantas

Aprenda a cuidar das Marantas

Conheça a planta que é uma verdadeira obra de arte

Como cuidar da Pleomele

Como cuidar da Pleomele reflexa

Aprenda a cultivar e tirar mudas do jeito certo

Asplênio /
Samambaia Ninho-de-passarinho

Aprenda o jeito certo de cuidar

como cuidar de anturio

Como cuidar do Antúrio

7 Segredos para você ter Antúrios sempre bonitos (e com flores)

Como cuidar da comigo ninguém pode

Comigo-ninguém-pode

Como cuidar do jeito certo e seguro

Como cuidar da Costela de Adão

Costela de Adão

Conheça os segredos para ter sucesso no cultivo da Monstera

Como cultivar suculentas dentro de casa

Como cultivar suculentas em casa

Aprenda a escolher as suculentas certas para ter em casa

25 plantas toxicas para cães e gatos

Conheça 25 plantas tóxicas para Cães e Gatos

Provavelmente você tem uma delas em casa
(ou gostaria de ter)

como regar plantas em vasos - Blog Plantas em Casa

Como regar plantas em vasos

5 dúvidas que matam suas plantas

como identificar cactos e suculentas

Como identificar Cactos e Suculentas

Conheça o livro que vai ajudar você a identificar seus cactos e suculentas

ARTIGOS RECENTES

como cuidar da pata-de-elefante

Como cuidar da Pata-de-elefante

Tudo que você precisa saber para cultivar do jeito certo

Leia também

como cuidar da peperomia melancia

Peperômia Melancia

Como cuidar do jeito certo

Como cuidar de samambaia

Como cuidar de Samambaia

O Guia completo para ter samambaias sempre bonitas

como cuidar de hera

Como cuidar da Hera

Saiba tudo sobre esta trepadeira bastante versátil

Participamos do Programa de Associados da Amazon, um serviço de intermediação entre a Amazon e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.

error: