Pular para o conteúdo

Plantas em casa

Clorofito Como cuidar e cultivar em casa

Como cuidar do Clorofito ou Gravatinha

Conhecido também como Gravatinha, o Clorofito é fácil de cuidar e ainda ajuda a purificar o ar

O Clorofito (Chlorophytum comosum), também conhecido como Gravatinha ou Planta- Aranha, é daquelas plantas bastante resistentes e fáceis de cuidar até para quem não se considera com dedo verde.

Suas folhas são longas – podem atingir de 30cm a 40cm -, estreitas, macias, arqueadas e dispostas em tufos com até 45cm de altura.

PUBLICIDADE

Durante a fase de crescimento, os Clorofitos produzem entre suas folhas hastes compridas de até 70cm, às vezes com algumas pequenas folhas. Nas extremidades dessas hastes, se formam cachos com pequenas flores brancas em forma de estrela. Essas florzinhas, apesar de lindas, não têm valor ornamental, afinal, toda a beleza do clorofito está em suas folhas.

Clorofito com flor na ponta da haste

Os Clorofitos produzem hastes compridas onde se desenvolvem florzinhas brancas em forma de estrela, sem valor ornamental.

Após o período de floração, surgem mais folhas formando na extremidade das hastes as plântulas, pequenas réplicas da planta-mãe que lembram aranhas por isso, o Clorofito também é conhecido por Planta Aranha.

Nativos da África tropical e subtropical, os Clorofitos são rústicos, exigem pouca manutenção e se desenvolvem em condições de meia sombra e solo úmido.

Contudo, se você espera que seu Clorofito não seja apenas mais uma plantinha bonita decorando sua casa, você vai precisar ter certeza de que está fornecendo tudo o que ele realmente precisa para se desenvolver bonito e saudável.
Neste artigo, você vai aprender de forma simples como cultivar e cuidar do Clorofito e ter plantas muito mais vistosas e sadias. Então, continue a leitura!

PUBLICIDADE

A luz ideal para o Clorofito

De modo geral, os Clorofitos são plantas de meia sombra, ou seja, apreciam aquele ambiente onde a luz é intensa e filtrada, podendo receber sol direto no início da manhã ou final do dia.

Algumas variedades podem ser cultivadas sob o sol pleno, como o Clorofito Vittatum (Chlorophytum comosum ‘Vittatum’), com folhas em tom de verde médio com um risco central branco ou creme.

Para locais de sombra ou meia-sombra, sem sol direto na maior parte do dia, o mais indicado é o Clorofito Variegado (Chlorophytum comosum ‘Variegatum’) – o mais popular dos clorofitos – que possui as bordas mais claras e o centro em degradê de verde.

Mas se sua casa não tem a luz ideal para os diferentes tipos de Clorofitos, relaxe! 

Por conta da sua rusticidade, são plantas altamente adaptáveis às diferentes condições do ambiente, e isso é que as torna fáceis de cuidar.

Clorofito Vittatum

Clorofito de sol: O Clorofito Vittatum (Chlorophytum comosum 'Vittatum'), com folhas em tom de verde médio com um risco central branco ou creme é tolerante à períodos maiores sob sol pleno.

clorofito variegado

Clorofito de sombra: o Clorofito Variegado (Chlorophytum comosum 'Variegatum') - o mais popular dos clorofitos - que possui as bordas mais claras e o centro em degradê de verde, e o mais indicado para locais de meia-sombra ou sombra.

Minha dica é que se você deseja que seu Clorofito tenha um contraste de cores bem definido na folhagem, se desenvolva bastante e possa lhe dar muitas mudinhas, procure oferecer a luz ideal de acordo com a variedade que você possui. Isso vai fazer toda a diferença.

Como regar o Clorofito

Os Clorofitos gostam de solo levemente úmido, mas nunca encharcado. Água em excesso pode provocar o apodrecimento das raízes e levar a Gravatinha à morte.

As raízes do Clorofito são carnudas e tuberosas, ajudando na retenção de água e permitindo que a planta fique alguns dias sem regar, caso você se esqueça ou precise fazer uma viagem curta.

PUBLICIDADE

Então, não deixe de seguir a técnica do dedo na terra: aprofunde o dedo na mistura do vaso e sinta se ela está seca ou úmida. Se ao retirar o dedo ele estiver sujo de terra, significa que o substrato ainda está molhado, e você não precisará regar. Se seu dedo sair limpo, coloque água diretamente na terra até perceber que começa a pingar pelo furo do vaso.

Para aprender a regar plantas em vasos da forma correta, não deixe de ler nosso guia completo Como regar plantas em vasos e pare de matar suas plantas.

Clorofito e suas raízes suculentas

As raízes do Clorofito são carnudas e tuberosas, ajudando na retenção de água e permitindo que a planta fique alguns dias sem regar. Por isso, não exagere na rega dos Clorofitos! Mantenha o substrato úmido, mas não deixe encharcar. Se esquecer de regar, não se preocupe porque os Clorofitos conseguem suportar períodos de seca.

Uma dica que pode te ajudar a ter Clorofitos mais bonitos é usar água da chuva ou água descansada para regar — reserve a água da torneira num recipiente e deixe descansar por uns 2 ou 3 dias para que o cloro evapore antes de molhar seu Clorofito.

Que tipo de vaso pode ser usado para plantar os clorofitos?

Você pode plantar Clorofitos em vasos comuns ou cuias, evitando recipientes muito profundos porque podem acabar atrapalhando na hora de você conferir a umidade do substrato.

Clorofitos também ficam lindos em vasos de barro, mas lembre-se que a argila absorve água, e provavelmente você vai precisar regá-los em intervalos menores.

Clorofito pendente
Clorofito em mudas em cascata

Use e abuse da criatividade para explorar o lindo efeito de cascata que os Clorofitos podem proporcionar.

Independente do tipo de vaso que você escolha, é fundamental que haja uma boa drenagem para que a água não se acumule e coloque em risco a planta. E uma boa drenagem começa com furos no fundo do vaso e uma boa estrutura de escoamento – a camada de drenagem. Se você tem dúvidas de como fazer a drenagem em vasos, não deixe de ler o Guia Completo “Como fazer a Camada de drenagem em vasos do jeito certo”.

Os Clorofitos ficam incríveis em vasos suspensos ou cachepots mais altos, já que as mudinhas que poderão surgir nas pontas das hastes vão fazer um efeito de cascata.

PUBLICIDADE

Que substrato usar para replantar os Clorofitos?

Os Clorofitos devem ser cultivados em uma mistura rica em matéria orgânica, com boa drenagem.

Você pode usar terra vegetal comum, adicionando composto orgânico como húmus de minhoca ou esterco curtido. Adicione vermiculita para garantir uma boa drenagem à mistura.

 

Como adubar os Clorofitos?

Clorofitos são plantas bastante rústicas e resistentes, por isso são pouco exigentes com relação à adubação.
Mas como toda planta cultivada em vaso, é importante garantir a reposição dos nutrientes do solo que acabam sendo levados pelas regas. Para isso, basta utilizar um adubo equilibrado, como o NPK 10-10-10, de acordo com as recomendações do rótulo do produto.

PUBLICIDADE

Como tirar mudas de Clorofito?

O jeito mais fácil de tirar mudas de clorofito é através da divisão de touceira.

Se o vaso estiver muito cheio, você poderá retirar a planta totalmente do vaso para separar as mudas. Se não for possível retirar toda a planta, você pode usar uma pazinha de jardinagem para escavar ao redor da muda e tirá-la, tomando cuidado para não danificar as raízes suculentas.

Os clorofitos produzem pequenas réplicas de si próprios que podem se desenvolver junto às folhas adultas ou na ponta das longas hastes após a floração. Essas mudinhas são chamadas plantas filhas, e podem ser separadas e plantadas em mistura apropriada, desde que mostrem raízes bem desenvolvidas. 

Em jardins e canteiros, quando estes filhotes encostam na terra enraízam e se alastram.

Escolha as mudas das pontas das hastes que tenham raízes desenvolvidas

Pragas, doenças e problemas nos Clorofitos

Clorofitos dificilmente são atacados por outras pragas além das tão temidas cochonilhas.

Vimos anteriormente que o excesso de água pode causar a podridão nas raízes, por isso é importante não exagerar nas regas e ter os clorofitos plantados em recipientes com boa drenagem.

Um problema comum nos clorofitos, é ficarem com as pontas das folhas queimadas. Isso pode ser causado por baixa umidade relativa do ar, solo muito seco ou mesmo acúmulo de sais e/ou produtos químicos, principalmente flúor ou cloro, na água da torneira. 

Para melhorar a umidade ao redor da planta, pulverize água nas folhas do Clorofito nos dias mais quentes e secos.

Clorofitos puricam o ar

Estudos da NASA, cujo relatório final foi publicado em 1989, mostraram que o Clorofito é bastante eficaz na limpeza do ar ambiente. 

A planta é capaz de absorver produtos químicos, incluindo formaldeído (substância que provoca irritação das membranas mucosas dos olhos, nariz e garganta e responsável por inúmeras doenças respiratórias, inclusive asma), xileno, benzeno e monóxido de carbono.

Taí mais um ótimo motivo para você ter muitos Clorofitos pela casa.

Veja agora um resumo das principais informações que reuni neste artigo:

Nome popular

Clorofito, Gravatinha, Planta Aranha, Paulistinha

Nome científico

Chlorophytum comosum

Família

Liliaceae / Asparagaceae

Sol pleno / Meia sombra / sombra, de acordo com a variedade cultivada

Rico em matéria orgânica

Rega moderada, sem encharcar o solo

Em dias muito secos previne o aparecimento de pontas queimadas

Sem restrições

Divisão de touceira e mudas que surgem nas pontas das hastes

Sem registros de toxidade

Agora que você sabe tudo sobre os Clorofitos, comece hoje mesmo a aplicar essas dicas e tenha mais essa ótima opção de folhagem decorando sua casa.

Lhe desejo muito sucesso com suas plantas!

Não deixe de compartilhar essas informações com quem ama plantas!

Leia também

Mais recentes

Zamioculcas Como cuidar

Zamioculcas - Aprenda a cultivar e cuidar

Uma planta fácil de cuidar e que vai bem em ambientes de pouca luz

Lirio da Paz

Lírio-da-Paz -
Aprenda a Cultivar e Cuidar

Os Lírios da Paz são fáceis de cultivar em casa, mas existe um segredo para terem sempre as charmosas flores brancas

poinsetia como cuidar

Como cuidar da Poinsétia -
Planta Bico-de-papagaio

Tudo que você precisa saber para ter sua Planta Bico de Papagaio bonita mesmo depois do Natal

como cuidar da pata-de-elefante

Como cuidar da Pata-de-elefante

Tudo que você precisa saber para cultivar do jeito certo

Mais lidos

como fazer a camada de drenagem em vasos

Como fazer a Camada de drenagem em vasos do jeito certo

Aprenda a fazer do jeito certo e pare de perder plantas

Como cuidar do Pacová

Como cuidar do Pacová

Aprenda como cultivar o Pacová ou Babosa-de-Pau na sua casa

como cuidar da Ludísia Orquídea pipoca

Como cuidar da Ludísia - Orquídea Pipoca

A orquídea fácil de cuidar

Como cuidar do Chifre-de-veado

Chifre-de-veado

Aprenda a cuidar desta samambaia escultural

como cuidar da avenca

Como cuidar de Avenca

7 dúvidas que podem matar sua planta

como cuidar de hera

Como cuidar da Hera

Saiba tudo sobre esta trepadeira bastante versátil

Como cuidar da Fitônia ou Planta Mosaico

Como cuidar das Fitônias

O Guia completo para cultivar e ter sua Fitônias — Fittonia albivenis — sempre bonitas em casa

como cuidar da peperomia melancia

Peperômia Melancia

Como cuidar do jeito certo

Como cuidar de samambaia

Como cuidar de Samambaia

O Guia completo para ter samambaias sempre bonitas

Como cuidar da planta Jibóia

Como cuidar da Jibóia

Saiba tudo sobre a planta que vai bem em qualquer ambiente

como cuidar de ripsalis

Ripsális Cacto-macarrrão

Aprenda a cuidar e tirar mudas fácil, fácil

suculentas pintadas

Suculentas Pintadas

Isso é tudo que você precisa saber sobre elas

como cuidar da palmeira rafis raphis ráfia

Palmeira Ráfis

Como cuidar da palmeira mais versátil que você pode ter em casa

Como cuidar das marantas

Aprenda a cuidar das Marantas

Conheça a planta que é uma verdadeira obra de arte

Como cuidar da Pleomele

Como cuidar da Pleomele reflexa

Aprenda a cultivar e tirar mudas do jeito certo

Asplenio

Asplênio /
Samambaia Ninho-de-passarinho

Aprenda o jeito certo de cuidar

como cuidar de anturio

Como cuidar do Antúrio

7 Segredos para você ter Antúrios sempre bonitos (e com flores)

Como cuidar da comigo ninguém pode

Comigo-ninguém-pode

Como cuidar do jeito certo e seguro

Como cuidar da Costela de Adão

Costela de Adão

Conheça os segredos para ter sucesso no cultivo da Monstera

Como cultivar suculentas dentro de casa

Como cultivar suculentas em casa

Aprenda a escolher as suculentas certas para ter em casa

25 plantas toxicas para cães e gatos

Conheça 25 plantas tóxicas para Cães e Gatos

Provavelmente você tem uma delas em casa
(ou gostaria de ter)

como regar plantas em vasos - Blog Plantas em Casa

Como regar plantas em vasos

5 dúvidas que matam suas plantas

como identificar cactos e suculentas

Como identificar Cactos e Suculentas

Conheça o livro que vai ajudar você a identificar seus cactos e suculentas

ARTIGOS RELACIONADOS

ARTIGOS RECENTES

como cuidar da pata-de-elefante

Como cuidar da Pata-de-elefante

Tudo que você precisa saber para cultivar do jeito certo

Leia também

Como cuidar de samambaia

Como cuidar de Samambaia

O Guia completo para ter samambaias sempre bonitas

como cuidar da peperomia melancia

Peperômia Melancia

Como cuidar do jeito certo

como cuidar de hera

Como cuidar da Hera

Saiba tudo sobre esta trepadeira bastante versátil

Participamos do Programa de Associados da Amazon, um serviço de intermediação entre a Amazon e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.

error: